ESTREIA-"5 x Favela" recria filme original de 1961

quinta-feira, 26 de agosto de 2010 08:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Resultado de um processo de criação coletivo a partir de oficinas realizadas em diversas comunidades cariocas, "5 x Favela - Agora por Nós Mesmos" deve suas raízes ao filme original de 1961.

O "5 x Favela" de 49 anos atrás reunia cinco jovens diretores de classe média e universitários num projeto bancado pelo Centro Popular de Cultura da União Nacional dos Estudantes.

Com a iniciativa, voltava-se o olhar do asfalto para as comunidades que, já então, cobriam os morros do Rio de Janeiro de uma realidade rica em contradições, resultando num filme de episódios.

Cinco diretores surgiram daquele filme de 1961, alguns tornando-se ícones do então nascente movimento do Cinema Novo -- caso de Joaquim Pedro de Andrade, Leon Hirzman e Cacá Diegues.

É Diegues, justamente, quem agora assina a produção deste novo filme, que teve sua pré-estreia mundial no Festival de Cannes, em maio, fora de competição.

A principal diferença agora é que os sete diretores que assinam os novos cinco episódios saíram das próprias favelas.

É, portanto, um "olhar de dentro" que constroi as histórias, cujo tom varia entre a comédia rasgada (caso dos episódios "Arroz com Feijão" e "Acende a Luz") ao drama (especialmente no segmento "Concerto para Violino").

De todo modo, a unidade dramática, que é comum vacilar em filmes de episódios, é garantida por Rafael Dragaud, que costurou os cinco roteiros que saíram das oficinas, e foi, por isso, premiado com o troféu de roteiro em Paulínia 2010 -- festival de que o filme saiu o grande vencedor, com sete prêmios (incluindo o mais cobiçado, melhor ficção, que valia 150 mil reais.

Os temas das cinco histórias repassam questões sociais explosivas, como o dilema do jovem calouro de direito (Silvio Guindane), protagonista de "Fonte de Renda", de Manaíra Carneiro e Wavá Novais, que é tentado pelo tráfico para dar conta de pagar as mensalidades da faculdade, coisa que o seu emprego numa padaria não está cobrindo.   Continuação...