Lindsay Lohan está de volta ao volante e ao Twitter

sexta-feira, 27 de agosto de 2010 10:01 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Lindsay Lohan acabou de sair da clínica de reabilitação e da prisão onde passou 13 dias e já retornou ao Twitter nesta quinta-feira -- xingando os paparazzi que vêm seguindo todos os seus passos.

"Obviamente... os paparazzi não deveriam poder tirar fotos ou vídeos quando alguém está dirigindo ou em um semáforo fechado. Para o bem de todos", disse Lohan em sua primeira mensagem no Twitter desde a véspera de sua detenção no dia 20 de julho.

Lohan foi libertada na terça-feira, apenas 23 dias depois de começar os 90 dias de reabilitação estipulados pelo tribunal. Ela também voltou a dirigir, depois de ter a carta de motorista suspensa em 2007, sob acusação de conduzir um veículo embriagada e portando cocaína.

A atriz de 24 anos recebeu a carta de volta na quarta-feira e foi logo vista dirigindo um carro esportivo Maserati, buscando as amigas depois da meia-noite em Los Angeles.

A carreira promissora de Lohan em filmes como "Sexta-feira Muito Louca" e "Meninas Malvadas" tem sido ofuscada desde 2007 por manchetes sobre sua vida noturna agitada e ela vem sendo perseguida pelos fotógrafos desde que foi libertada.

Mas também recebeu uma enxurrada de propostas, incluindo entrevistas e comerciais.

Uma estação de rádio de Nova York ofereceu a Lohan e sua mãe 1 milhão de dólares para apresentarem juntas um programa matutino de rádio, que discutiria desde dicas de moda a notícias do mundo do entretenimento.

No entanto, Lohan recebeu ordens do juiz na quarta-feira para continuar em Los Angeles até o dia 1o de novembro para ser submetida a exames de consumo de drogas e álcool duas vezes por semana e continuar sua terapia comportamental.

Os problemas de Lohan com a Justiça atrasaram a gravação de seu próximo filme, no qual ela interpretará a estrela pornô dos anos 1970 Linda Lovelace. O último filme da atriz a chegar aos cinemas foi "Eu Sei Quem Me Matou", um fracasso de 2007,.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>A atriz Lindsay Lohan &eacute; julgada na Calif&oacute;rnia, 6 de julho de 2010. Lohan acabou de sair da cl&iacute;nica de reabilita&ccedil;&atilde;o e da pris&atilde;o onde passou 13 dias e j&aacute; retornou ao Twitter nesta quinta-feira -- xingando os paparazzi que v&ecirc;m seguindo todos os seus passos. REUTERS/David McNew</p>