Justiça manda "esposa" manter distância de Leonardo DiCaprio

sexta-feira, 27 de agosto de 2010 17:36 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Leonardo DiCaprio obteve da Justiça uma ordem contra uma mulher que acredita que é sua esposa e que está grávida de seu filho -- chamado Jesus.

O astro de "Titanic" e "A Origem" disse em documentos registrados esta semana na Corte Superior de Los Angeles que estava com medo da mulher "maluca" e achou que sua segurança pessoal estava em risco.

Seu advogado entregou à corte várias cartas escritas à mão pela mulher, identificada como Livia Bistriceanu, a DiCaprio.

"Você quer ficar comigo de verdade e ser o pai de Jesus? Já expliquei a você que não posso ficar com ninguém virtualmente. Tenho que ter um pai na realidade para Jesus, e não deste jeito", diz uma das cartas à qual o site de celebridades TMZ.com teve acesso na sexta-feira.

O tribunal ordenou que Bistriceanu mantenha distância de pelo menos 100 metros de DiCaprio, 35, que ainda é um dos maiores galãs de Hollywood, apesar de seus esforços para afastar-se dos dramas românticos desde o sucesso de "Titanic", em 1997.

A ordem judicial foi obtida na mesma semana em que outra mulher foi informada de que terá que ir a julgamento em Los Angeles, acusada de atingir DiCaprio com um cálice de vinho numa festa particular em Hollywood em 2005, ferindo-o no rosto e pescoço. Depois do incidente, o ator precisou levar vários pontos.

Aretha Wilson, 40 anos, que foi extraditada do Canadá para enfrentar a acusação, pode ser sentenciada a até sete anos de prisão se for condenada.

DiCaprio não compareceu a nenhuma das duas audiências. Seu próximo papel no cinema será o do ex-diretor do FBI J. Edgar Hoover, sob a direção de Clint Eastwood.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>Leonardo DiCaprio obteve da Justi&ccedil;a uma ordem contra uma mulher que acredita que &eacute; sua esposa e que est&aacute; gr&aacute;vida de seu filho -- chamado Jesus. REUTERS/Toru Hanai</p>