Veneza exibe filme sobre amor durante golpe de 1973 no Chile

domingo, 5 de setembro de 2010 16:11 BRT
 

Por Silvia Aloisi

VENEZA (Reuters) - "Post Mortem", um filme chileno que estreia no Festival de Veneza neste domingo, conta a história de amor fadada ao fracasso entre um funcionário de um necrotério e uma dançarina, no contexto do golpe militar no Chile em 1973 que derrubou o presidente Salvador Allende.

O filme é o último de uma série de produções latino-americanas sobre a ditadura e a inquietação política na região, tema que atraiu a atenção de Hollywood. O filme argentino "O Segredo dos Seus Olhos" venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro neste ano.

O protagonista do filme chileno é Mario Cornejo, que transcreve relatórios de autópsias em um necrotério rapidamente lotado com corpos de vítimas civis nos dias anteriores ao golpe de Augusto Pinochet que derrubou Allende.

Cornejo, um homem desajeitado, recluso e passivo que demonstra poucas emoções diante do que ocorre ao seu redor, se apaixona por sua vizinha Nancy, uma dançarina de cabaré cuja família está envolvida em atividades políticas pró-democráticas.

Quando a casa de Nancy é invadida e vasculhada pelo Exército, Cornejo sai em uma busca para encontrá-la --como muitas famílias fizeram com pessoas que desapareceram no período de violência.

O diretor Pablo Larrain, nascido em 1976 em Santiago, disse que o filme é uma tentativa pessoal de compreender os eventos que ele não viveu pessoalmente, através dos olhos de pessoas comuns e sem assumir uma posição moralista.

"O filme não pretende ser um panfleto ou ser ideológico de alguma forma", disse Larrain, que também teve a era Pinochet como pano de fundo de seu filme "Tony Manero", de 2007.