George Michael não tentará liberdade sob fiança após prisão

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 17:25 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - O cantor George Michael decidiu não entrar com um pedido de liberdade sob pagamento de fiança, informou nesta sexta-feira a Press Association.

O cantor, de 47 anos, foi condenado a oito semanas de prisão por bater seu carro enquanto estava sob efeito de maconha. Seus advogados planejavam pedir sua liberdade sob pagamento de fiança, em uma aparente tentativa de recorrer da sentença.

"O pedido de liberdade mediante pagamento de fiança foi descartado", disse uma porta-voz do tribunal de Blackfriars em Londres, onde Michael deve aparecer em vídeo através de uma conexão com a prisão de Pentonville. Seu advogado não quis comentar sobre a decisão.

Michael, que se tornou famoso como integrante da banda Wham! antes de lançar uma carreira solo de sucesso, foi proibido de dirigir por dois anos em 2007 e sentenciado a 100 horas de serviço comunitário depois de admitir dirigir sob efeito de drogas.

Em 2008, Michael pediu desculpas aos fãs depois de ser detido e alertado pela polícia pela posse de drogas, prometendo "se resolver".

O vencedor de Grammy já vendeu um número estimado de 100 milhões de discos como artista solo, conquistando fãs pelo mundo por canções de sucesso como "Careless Whisper" e "Faith".