Astro da NBA Nash se aventura no cinema com filme sobre ídolo

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 18:24 BRT
 

Por Ka Yan Ng

TORONTO (Reuters) - Steve Nash, um dos principais jogadores da liga norte-americana de basquete, está em busca do sucesso em uma nova carreira, dessa vez atrás das câmeras.

Armador do Phoenix Suns da NBA e duas vezes eleito o melhor jogador da liga, Nash é o diretor de um filme que conta a história de seu ídolo, Terry Fox. Vítima de câncer e com uma perna amputada, Fox comoveu o Canadá em 1980 ao tentar atravessar o país numa campanha para arrecadar fundos para a pesquisa do câncer.

"Into the Wind", que foi recebido pelo público com muitos aplausos e algumas lágrimas em sua pré-estreia no Festival Internacional de Cinema de Toronto, acompanha Fox, então com 22 anos, percorrendo a distância de uma maratona um dia após ter a perna amputada acima do joelho. Uma prótese de metal e fibra de vidro foi utilizada por ele.

Entrevistas com familiares e amigos e imagens de televisão são intercaladas com narrativas do diário de Fox.

O filme, produzido pela emissora esportiva norte-americana ESPN, tem como objetivo apresentar a história de Fox a norte-americanos mais jovens.

"A oportunidade de contar a história para um público relativamente novo era muito forte", disse Nash após a exibição.

"Para mim, acima de tudo, seria ótimo se Terry inspirasse as pessoas como me inspirou", acrescentou o jogador, que tinha seis anos quando acompanhou a saga de Fox.

Inicialmente ignorado pela mídia quando começou sua campanha na costa leste da Canadá, a corrida de Fox ganhou força quando seguiu para o oeste, com multidões se aglomerando nas ruas para vê-lo passar.

Após 143 dias e 5.373 quilômetros, dois terços de sua meta inicial, Fox foi obrigado a parar de correr pouco antes de chegar a Thunder Bay, em Ontario. Seu câncer tinha voltado e avançado para os pulmões. Ele arrecadou cerca de 1,9 milhão de dólares para o combate à doença.

Fox morreu nove meses depois. Ele atualmente é considerado um herói nacional e um ícone da pesquisa do câncer.