22 de Setembro de 2010 / às 12:55 / 7 anos atrás

Paris Hilton deixa o Japão após interrogatório sobre drogas

<p>Paris Hilton fala com a m&iacute;dia no aeroporto de Narita, ao deixar o Jap&atilde;o. 22/09/2010 REUTERS/Toru Hanai</p>

TÓQUIO (Reuters) - Paris Hilton deixou o Japão nesta quarta-feira depois de um longo interrogatório das autoridades aeroportuárias. Informações na mídia haviam previsto que a socialite seria proibida de entrar no país após se declarar culpada por porte de cocaína.

Hilton, de 29 anos, viajou para Tóquio na terça-feira para um desfile de moda, mas foi barrada por autoridades do aeroporto de Narita para que pudessem decidir sobre sua entrada no Japão.

No Japão, as autoridades de imigração podem negar a entrada de qualquer pessoa acusada de delitos relacionados a drogas.

Hilton retirou seu pedido de entrada no país depois de ser interrogada pelas autoridades, informou a agência de notícias Kyodo. Um porta-voz do departamento de imigração do aeroporto se negou a dizer se ela havia sido proibida de entrar ou se ela estava se retirando por decisão própria.

“Eu vou voltar para casa. Espero voltar ao Japão no futuro”, disse a celebridade.

“Estou muito cansada”, disse ela a jornalistas no aeroporto.

Na segunda-feira, em Las Vegas, Hilton se declarou culpada por porte de cocaína depois de uma recente detenção na qual foi encontrada com 0,8 gramas da droga em sua bolsa.

Ela recebeu uma pena de um ano, que foi suspensa, terá de pagar multa de 2 mil dólares e prestará serviço comunitário.

Hilton chegou ao Japão em um avião fretado, com a irmã Nicky. Autoridades do aeroporto pediram que ficasse no hotel do aeroporto para ser interrogada, segundo a Kyodo.

Ela pretendia aparecer em um desfile de moda nesta quarta-feira no distrito de Roppongi, em Tóquio, mas o evento foi cancelado.

A ex-estrela do reality show de TV “The Simple Life” é membro da família que fundou a rede de hotéis Hilton. Ela transformou a notoriedade em uma carreira de sucesso patrocinando produtos de moda, perfumes e outros.

No Japão, ela promoveu uma marca de bolsas junto com a irmã.

Reportagem de Chisa Fujioka e Toru Hanai

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below