Nadal deve dosar ritmo para prolongar carreira, diz médico

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 19:12 BRT
 

MADRI (Reuters) - Rafael Nadal terá que aprender a escutar seu corpo se quiser dominar o circuito de tênis como Roger Federer, disse na sexta-feira o médico que trata os joelhos do espanhol.

O tenista de 24 anos ganhou o Aberto dos Estados Unidos e completou as conquistas em torneios Grand Slam --já havia levado o Aberto da Austrália, Roland Garros e Wimbledon--, tornando-se o sétimo homem a vencer as quatro principais competições de tênis.

No entanto, ainda está a nove títulos do recorde de 16 alcançado por Federer, e a dúvida é se seus joelhos lhe permitirão competir no mesmo nível durante tanto tempo.

"Ele tem que aprender como se cuidar para poder durar muitos anos. Já fez isso este ano", declarou o traumatologista Mikel Sánchez ao jornal esportivo espanhol Marca.

O número um do mundo recorreu ao especialista após o Aberto da Austrália do ano passado, quando sofreu dores constantes nos joelhos.

"Era incrível que pudesse seguir jogando com os joelhos da maneira que estavam", disse Sánchez.

O médico tratou Nadal com uma série injeções de plasma enriquecido para recompor seus tendões, e o tenista se ausentou do circuito durante toda a temporada de quadras de grama para descansar e se recuperar.

"Ele não vai mudar sua forma de jogar nem vai deixar de disputar partidas para não se machucar. Vai seguir o mesmo ritmo e há um risco de que seus tendões voltem a se degenerar", disse o médico.

"No caso de Nadal, ele submete seus tendões a um estresse violento porque treina muito...muitas horas, muitas partidas e sempre nos 100 por cento", completou.   Continuação...