Ator de "Curtindo a Vida Adoidado" é condenado por crime sexual

quarta-feira, 29 de setembro de 2010 09:04 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Jeffrey Jones, mais conhecido por sua atuação em "Curtindo a Vida Adoidado", foi condenado a prestar 250 horas de serviço comunitário depois de ser considerado culpado na terça-feira por não atualizar suas informações em um processo por crime sexual.

Jones, de 64 anos, também foi sentenciado a três anos de liberdade vigiada por um juiz da Suprema Corte de Los Angeles, segundo a procuradoria distrital.

O ator havia sido condenado em 2003 por pagar um adolescente para tirar fotos dele nu. Parte de sua sentença exigia que ele se registrasse como agressor sexual e atualizasse as informações anualmente.

Jones fez mais de 60 trabalhos na televisão e no cinema, incluindo "Ed Wood", "Os Fantasmas se Divertem" e "Curtindo a Vida Adoidado".

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>Jeffrey Jones deixa o Tribunal de Los Angeles em 2003. O ator foi condenado a prestar 250 horas de servi&ccedil;o comunit&aacute;rio depois de ser considerado culpado na ter&ccedil;a-feira por n&atilde;o atualizar suas informa&ccedil;&otilde;es em um processo por crime sexual. 03/02/2010 REUTERS/Robert Galbraith/Arquivo</p>