Negócios de Britney Spears seguirão sob controle do pai

quinta-feira, 30 de setembro de 2010 18:26 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Os assuntos pessoais e profissionais da popstar Britney Spears vão continuar sob o controle de seu pai e um advogado que vêm cumprindo essa função legal desde o início de 2008, quando a vida de Britney estava saindo de seu controle, decidiu uma juíza na quinta-feira.

A juíza Reza Goetz, da Corte Superior de Los Angeles, reuniu-se com Britney Spears no tribunal e pouco depois anunciou a decisão que deixou Jamie Spears e o advogado Andrew Wallet no controle dos negócios da cantora de "Circus".

Os dois assumiram o controle das questões legais e outras da cantora de 28 anos depois de vários acontecimentos de 2007 que indicaram que a vida dela estava mergulhando em uma espiral descendente. Britney passou algum tempo em clínicas de reabilitação de drogas e álcool e, no início de 2008, foi hospitalizada para ser submetida a avaliação psiquiátrica.

Mas a cantora que já vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo deu a volta por cima com seu álbum "Circus", de 2008, que foi seguido por uma turnê de sucesso. Esta semana ela foi tema de um episódio do musical de TV "Glee", mas vem adotando um perfil comportado em público.