Morre aos 95 anos comediante britânico Norman Wisdom

terça-feira, 5 de outubro de 2010 16:10 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O ator cômico britânico Norman Wisdom, que representou personagens desajeitados em filmes de comédia de pastelão nos anos 1950 e 1960, morreu aos 95 anos de idade, informou seu agente na segunda-feira.

Wisdom, cuja fama chegou até a Albânia stalinista, geralmente representava personagens humildes que acabam triunfando sobre adversidades para conquistar sucesso e mulheres. Consta que Charlie Chaplin teria dito que Wisdom era seu palhaço favorito.

"Norman fazia parte da família. Apesar de ter sido meu cliente, ele foi provavelmente meu melhor amigo também", disse à Reuters Johnny Mans, que foi seu agente por mais de 30 anos. "Pensei que ele viveria até os 100 anos."

Em sua fase profissional posterior, Wisdom também foi aclamado por papéis sérios no palco e na televisão.

Seus filmes incluem "Trouble in Store", que lhe valeu um prêmio Bafta, e em 1966 ele foi indicado para um prêmio Tony por seu papel no musical da Broadway "Walking Happy."

Em um detalhe bizarro de sua carreira, Wisdom virou ícone na Albânia, na época sob governo comunista de linha dura -- seus filmes estavam entre os poucos produtos culturais ocidentais permitidos no país.

Após a derrubada do comunismo, ele visitou a Albânia e teve uma acolhida calorosa.

 
<p>Norman Wisdom sorri durante um evento na Alb&acirc;nia, em 2001. O ator c&ocirc;mico brit&acirc;nico, que representou personagens desajeitados em filmes de com&eacute;dia de pastel&atilde;o nos anos 1950 e 1960, morreu aos 95 anos de idade, informou seu agente na segunda-feira. 27/03/2001 REUTERS/Kieran Doherty</p>