Filme britânico simula captura do príncipe Harry no Afeganistão

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 11:34 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - Um documentário que será exibido este mês na TV britânica vai examinar o que poderia acontecer se o príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth 2a, tivesse sido capturado quando estava cumprindo suas obrigações militares no Afeganistão.

"A Captura do Príncipe Harry", previsto para ser transmitido no dia 21 de outubro pelo Canal 4, simula um acidente de helicóptero no sul do Afeganistão e a subsequente captura de Harry, que é o terceiro na linha de sucessão do trono britânico.

Harry, de 26 anos, serviu nas forças armadas britânicas no Afeganistão em 2008, tornando-se o primeiro membro da realeza a entrar em ação desde que um de seus tios, o príncipe Andrew, pilotou helicópteros na Guerra das Malvinas (Falklands) em 1982.

Harry já falou sobre seu desejo de retornar ao Afeganistão, de onde foi forçado a partir prematuramente depois que vazou a informação de sua presença na guerra.

"'A Captura do Príncipe Harry' levanta questões sobre as extensas ramificações para a Grã-Bretanha no caso de ser atendido o desejo do príncipe, de voltar ao Afeganistão, e ele acabar capturado. O filme pergunta se a Grã-Bretanha está preparada para este potencial pedido de resgate", assinalou o Canal 4 em um comunicado.

Uma porta-voz da emissora disse que o Canal 4 contatou a família real britânica sobre o filme, mas não recebeu resposta.

(Reportagem de Mike Collett-White)

 
<p>Pr&iacute;ncipe Harry observa simula&ccedil;&atilde;o de combate na Academia Militar de West Point em Nova York, em junho. Um document&aacute;rio na TV brit&acirc;nica vai examinar o que poderia acontecer se Harry, neto da rainha Elizabeth 2a, tivesse sido capturado quando estava cumprindo suas obriga&ccedil;&otilde;es militares no Afeganist&atilde;o. 25/06/2010 REUTERS/Greg E. Mathieson/Arquivo</p>