Grupo de católicos alemães quer Natal sem Papai Noel

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 13:38 BRT
 

BERLIM (Reuters Life!) - Um grupo de católicos alemães quer acabar com o Papai Noel, por causa da conotação comercial do personagem fictício, e substituí-lo por São Nicolau e a generosidade altruísta que este supostamente representa.

Antes mesmo de as lojas ficarem cheias de artigos ligados a Papai Noel, a Bonifatiuswerk, uma organização assistencial católica, começou a lançar chamados por "áreas livres de Papai Noel."

A organização vê Papai Noel como "invenção de uma indústria publicitária, visando promover as vendas", "representante da sociedade consumista" que guarda pouca relação com a figura histórica de São Nicolau.

O site da entidade descreve São Nicolau, padroeiro das crianças, como "alguém que vem nos socorrer em momentos de necessidade e nos lembra a importância da bondade, de pensar nos próximos e de distribuir a dádiva da felicidade".

A campanha tem o apoio de várias celebridades alemãs.

"Diferentemente de Papai Noel, São Nicolau quer dar riquezas interiores às crianças, e não apenas tentar incentivá-las a lutar por riquezas materiais", disse a apresentadora de TV alemã Nina Ruege, segundo relatos.

(Por Michelle Martin)