Cresce interesse do Cirque du Soleil pela Rússia

terça-feira, 12 de outubro de 2010 16:26 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A empresa de circo canadense Cirque du Soleil quer expandir seu negócio entre os amantes do circo na Rússia e criar uma presença permanente no país para 2015, disse seu presidente à Reuters.

"Eles (os russos) não nos veem como estrangeiros porque tiveram grande influência no nosso circo", disse o presidente e chefe de operações Daniel Lamarre antes da estreia de um espetáculo do Cirque do Soleil em Moscou.

Ele afirmou que a sua confiança no mercado russo deve-se às "fortes raízes do circo na Rússia".

Lamarre quer que sua empresa com sede em Montreal visite 10 cidades russas ao ano até 2015, um grande crescimento frente às três que visita atualmente.

O grupo deve investir entre 30 milhões e 50 milhões de dólares na criação de um espetáculo permanente na Rússia.

"Queremos que a Rússia se transforme num país a par do que temos nos Estados Unidos e no Japão", afirmou Lamarre.

Um total de 20 por cento dos artistas da companhia são russos, e a empresa tem a mesma porcentagem de chineses.

No começo do ano, o Cirque du Soleil anunciou seus planos para uma série de shows baseados na música de Michael Jackson para 2011 em Las Vegas, seguindo o sucesso do espetáculo "Viva Elvis", que foi montado nessa cidade norte-americana.

 
<p>O Cirque Du Soleil se apresenta durante ensaio em Moscou. A empresa canadense quer expandir seu neg&oacute;cio entre os amantes do circo na R&uacute;ssia e criar uma presen&ccedil;a permanente no pa&iacute;s para 2015. 08/10/2010 REUTERS/Denis Sinyakov</p>