Pinturas da coleção da atriz Demi Moore serão leiloadas

quarta-feira, 13 de outubro de 2010 12:20 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters Life!) - A atriz Demi Moore está revelando um novo lado de sua personalidade, o de amante das artes, com o anúncio de planos para vender em novembro duas telas europeias do século 19 de sua coleção, que podem ser arrematadas por cerca de 1,7 milhão de dólares.

A casa de leilões Sotheby's disse que duas pinturas da coleção de Moore, do artista francês William Bouguereau e do belga Alfred Stevens, serão incluídas em um leilão de arte europeia do século 19 que terá lugar em Nova York em 4 de novembro.

"Bouguereau me agrada muito pessoalmente, e eu optei por conservar uma tela menor dele para me acompanhar ao longo dos anos", disse em comunicado a atriz, de 47 anos.

"Gosto muito de seus temas mitológicos, temas clássicos e estilo realístico-fotográfico. Há uma serenidade, uma gentileza, especialmente nos retratos que ele faz de mulheres, combinadas com uma força incrível, que me inspiram."

Demi Moore, que é casada com o ator Ashton Kutcher, disse que possui essas duas pinturas há 15 anos, tendo comprado as telas em leilões por 178.500 e 200.500 dólares, mas que decidiu que é hora de mudar, no momento em que sua casa está sendo reformada.

"Frère et Soeur" (Irmão e Irmã), de Bouguereau, foi inspirado nas viagens do artista pela Itália, depois de receber o Prêmio de Roma, em 1850, e a estimativa é que seja vendido por mais de 1 a 1,5 milhão de dólares.

"Mère et ses Enfants" (Mãe e seus filhos), de Stevens, é uma variação sobre uma pintura intitulada "A Viúva e seus Filhos" que o artista fez sob encomenda para o governo belga. A expectativa é que seja arrematado por entre 150 mil e 200 mil dólares.

As telas farão parte de um leilão marcado para 4 de novembro no qual serão oferecidas 82 obras com estimativa total prévia de entre 20 e 30 milhões de dólares.

(Reportagem de Belinda Goldsmith)

 
<p>Demi Moore chega ao evento "As 100 Pessoas Mais Influentes do Mundo da Revista Time" em Nova York e maio. A atriz anunciou que ir&aacute; vender duas telas europeias do s&eacute;culo 19 de sua cole&ccedil;&atilde;o, que podem ser arrematadas por cerca de 1,7 milh&atilde;o de d&oacute;lares 04/05/2010 REUTERS/Lucas Jackson</p>