Novas relíquias do Titanic são expostas em Londres

sexta-feira, 15 de outubro de 2010 11:39 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - A lenda do navio Titanic atracará em Londres em novembro, com uma exposição que inclui 14 artefatos novos do célebre transatlântico que afundou, além de imagens em vídeo do local do naufrágio.

"Titanic: A Exposição de Artefatos" será inaugurada em 5 de novembro na 02 Arena, focando as histórias humanas por trás da colisão do transatlântico com um iceberg, em 1912, que resultou na morte de 1.517 pessoas.

A localização exata do navio afundado era desconhecida até 1985, quando foi descoberto a centenas de quilômetros ao largo da costa de Terra Nova, no Canadá.

Cientistas da RMS Titanic Inc., a única empresa autorizada a recuperar objetos do navio, lançaram uma missão este ano para mapear o sítio inteiro do naufrágio, pela primeira vez.

A exposição vai incluir imagens em vídeo da expedição, além de relíquias como o relógio de bolso de um passageiro rico e vidros de perfume de um perfumista que viajava a Nova York no navio para vender seus produtos.

Entre os novos objetos a serem expostos há cartões postais, partituras musicais e selos.

"Naquela noite inesperada em 1912, mais de 1.500 passageiros tiveram o mesmo destino, independentemente de sua classe ou posição na sociedade. A viagem repleta de alegria teve um final chocante", disse Cheryl Mure, vice-presidente de informação da RMS Titanic.

Serão expostos ao todo mais de 300 artefatos, além de recriações das cabines do navio e galerias mostrando como o naufrágio do transatlântico repercutiu em Londres na época.

O RMS Titanic era o maior navio a vapor de passageiros no mundo quando zarpou de Southampton, Inglaterra, com destino a Nova York, em sua primeira viagem, em 10 de abril de 1912. Quatro dias mais tarde o navio bateu em um iceberg e afundou, chocando o mundo.

(Reportagem de Anna Yukhananov)