Lohan deve permanecer em programa de reabilitação, diz juiz

sexta-feira, 22 de outubro de 2010 15:34 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A atriz Lindsay Lohan recebeu na sexta-feira ordens para permanecer numa clínica de reabilitação até janeiro, depois de ser reprovada em um teste antidrogas no mês passado.

Ela estava em liberdade condicional por um caso de 2007 no qual foi condenada por posse de cocaína e por dirigir após consumir bebida alcoólica.

A atriz de 24 anos escapou de ser enviada de volta à prisão numa breve audiência na Corte Superior de Beverly Hills.

Lohan, que foi até o tribunal na sexta-feira, passou as últimas três semanas num programa de reabilitação de drogas e álcool na Califórnia após admitir ter testado positivo para cocaína.

Na sexta-feira, o juiz Elden Fox, da Corte Superior de Beverly Hills, determinou que Lohan permaneça no local. Ele marcou outra audiência para 25 de fevereiro.

"Você é uma viciada. Acho que você tem de mudar seu estilo de vida", disse Fox a Lohan, que chorava. Ele afirmou à atriz que se ela não se livrar das drogas, poderia "destruir uma profissão bastante lucrativa".

A carreira da ex-ídolo adolescente degringolou nos últimos três anos por ela não ter passado em testes antidrogas, ter faltado a aulas de educação sobre o álcool e passado três curtos períodos na cadeia.

 
<p>Atriz Lindsay Lohan chega a tribunal para audi&ecirc;ncia, na qual recebeu ordens para permanecer em programa de reabilita&ccedil;&atilde;o at&eacute; janeiro. REUTERS/Mario Anzuoni</p>