26 de Outubro de 2010 / às 16:40 / 7 anos atrás

Parque temático da Ferrari aumenta vigor turístico de Abu Dhabi

Por Stanley Carvalho

ABU DHABI (Reuters Life!) - De pequenos passeios de camelo no deserto à montanha-russa mais rápida do mundo, Abu Dhabi está galgando seu espaço como local turístico mundial e pode até superar a vizinha Dubai.

Nesta semana, a cidade está inaugurando um parque temático da Ferrari, com direito a montanha-russa, ao lado do novo circuito onde o Segundo Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1, outra grande atração para o público, será disputado 15 dias depois.

Capital dos Emirados Árabes Unidos e sede da maioria da riqueza e do poder da nação, Abu Dhabi foi por anos conhecida pelo mundo como a vizinha mais sóbria de Dubai, que ficou famosa por impressionantes projetos imobiliários, grotescas atrações turísticas e shoppings luxuosos.

Mas, quando a crise financeira mundial atingiu Dubai, estourando uma bolha imobiliária e causando déficits que quase afundaram a economia local, as coisas começaram a mudar.

Enquanto Dubai brigava com credores sobre como o conglomerado estatal Dubai World redistribuiria os 26 bilhões de dólares em dívidas, Abu Dhabi gastou bilhões para afastar sua economia do petróleo, desenvolvendo os setores industrial, imobiliário, financeiro e turístico.

O parque temático indoor da Ferrari, que ocupa uma área de 80 mil metros quadrados e está incluindo no desenvolvimento da ilha Yas pela Aldar Properties, ao custo de 40 bilhões de dólares, é resultado dessas medidas. Ele poderá receber mais de 10 mil visitantes por dia.

"Tínhamos apenas alguns shoppings e safáris do deserto, precisamos de divertimentos emocionantes e agora não temos que correr para Dubai nos fins de semana", afirmou Mohamed Mazroui, um empresário dos Emirados e fã de corridas.

Ao lado da Yas está a ilha Saadiyat, um projeto de 27 bilhões de dólares de arte e cultura planejado para abrigar obras do museu do Louvre, em Paris, e do Guggenheim, em Nova York.

Abu Dhabi, que detém a maior parte das reservas petrolíferas dos Emirados Árabes Unidos, o terceiro maior exportador do mundo, quer um crescimento anual de 15 por cento no número de turistas, com uma meta de 2,3 milhões ao final de 2012, afirmou à Reuters Mubarak al Muhairi, diretor-geral da Autoridade Turística de Abu Dhabi.

"O parque temático da Ferrari é um grande salto em nossa proposta de lazer, pois tem enorme apelo regionalmente e internacionalmente", afirmou Muhairi.

Enquanto Dubai passou a última década se transformando em um grande centro regional, oferecendo shopping luxuosos, praias e uma vida noturna ao melhor estilo ocidental, Abu Dhabi permaneceu mais conservadora em relação ao álcool e ao vestuário.

O Mubadala, o Fundo de Investimentos de Abu Dhabi, é dono de 5 por cento da Ferrari. A principal das 20 atrações do parque temático deve ser a que está sendo aclamada como a montanha-russa mais rápida do mundo, com uma velocidade de 240 quilômetros por hora, dando aos usuários a sensação de estar dentro de um carro de Fórmula 1.

"Haverá muitas atrações para todas as faixas etárias. Tornamos uma das marcas mais exclusivas do mundo uma experiência extraordinária para famílias e fãs", afirmou o diretor-geral do parque, Claus Frimand.

O telhado vermelho do complexo foi feito com o perfil lateral de uma Ferrari GT e está enfeitado com o maior cavalinho rampante já produzido.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below