Sony garante que voz de Jackson em disco inédito é autêntica

sexta-feira, 5 de novembro de 2010 17:55 BRST
 

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - A Sony Music divulgou na sexta-feira uma amostra de um single inédito de Michael Jackson, e garantiu que os vocais do álbum póstumo a ser lançado são genuínos.

O álbum "Michael" deve ser lançado em 14 de dezembro, mas já virou objeto de polêmica porque um representante de Joe Jackson, pai do falecido cantor, disse que o artista, conhecido pelo perfeccionismo, jamais teria permitido o lançamento de um material não-concluído.

Um clipe curto de "Breaking News", canção supostamente gravada em 2007, foi colocado no site oficial michaeljackson.com. O clipe inclui falas de TV relativas à morte do artista, em junho de 2009, seguidas por um débil grito de menos de dois segundos. A canção completa será lançada na segunda-feira.

O álbum póstumo será o primeiro trabalho inédito de Jackson desde "Invincible", de 2001. Após a morte dele, vítima de uma overdose de medicamentos, vários lançamentos aproveitam o nome do artista -- de um videogame de dança a um espetáculo do Cirque du Soleil.

A Sony não disse quanto trabalho de produção o álbum exigiu, nem quantas faixas ele terá.

"Se Michael quisesse que essa música fosse lançada, teria feito isso antes da sua morte", disse Brian Oxman, advogado de Joe Jackson, em nota na sexta-feira.

"As canções que estão sendo lançadas no novo álbum de Michael Jackson eram faixas inconclusas e incompletas, que Michael disse várias vezes que jamais gostaria de lançar. Deveríamos honrar os desejos de Michael Jackson."

Nesta semana, o site de celebridades TMZ.com disse que a mãe de Jackson, Katherine, e os dois filhos mais velhos do cantor, Prince e Paris, achavam que a voz em algumas faixas do álbum não era dele.   Continuação...