Arábia Saudita descobre inscrições do tempo dos faraós

segunda-feira, 8 de novembro de 2010 15:17 BRST
 

JEDÁ (Reuters) - A Arábia Saudita descobriu as primeiras inscrições em hieróglifos no reino, as quais mencionam um faraó egípcio de mais de 3 mil anos atrás, informou a imprensa local.

As inscrições, encontradas numa rocha perto da cidade de Tabuk, no norte do país, citam o nome do faraó Ramsés III e se referem ao século 12 antes de Cristo, segundo informou a agência estatal de notícias SPA no fim da noite de domingo.

Ramsés III governou o Egito Antigo de 1.192 até 1.160 a.C

A descoberta foi feita em julho no oásis de Tayma, que, segundo dizem agora os arqueólogos, era um ponto importante na rota terrestre entre a costa oeste da Arábia e o vale do rio Nilo, no Egito.

Nos últimos anos, a Arábia Saudita vem aumentando os esforços para promover descobertas arqueológicas e culturais. No começo deste ano, o governo exibiu alguns dos achados no Museu do Louvre, em Paris.

(Reportagem de Asma Alsharif)