Bilionário russo quer investir US$ 400 mi em ilha artificial

segunda-feira, 15 de novembro de 2010 18:16 BRST
 

SÃO PETERSBURGO, Rússia (Reuters) - O bilionário russo Roman Abramovich investirá 400 milhões de dólares na construção de prédios comerciais e casas em uma ilha artificial na capital da Rússia, segundo informaram autoridades de São Petersburgo nesta segunda-feira.

O dono do time de futebol Chelsea construirá um complexo multifuncional cobrindo 100 mil metros quadrados em uma ilha, chamada New Holland, que foi criada em 1720 e agora está abandonada.

Algumas pessoas se opõem à reconstrução da ilha, onde os bolcheviques anunciaram a Revolução de 17 de Outubro para o mundo, e onde o químico e criador da tabela periódica de elementos químicos, Dmitry Mendeleev, tinha seu laboratório.

O vice-governador de São Petersburgo Igor Metelsky disse aos repórteres que os 400 milhões colocados no desenvolvimento deste projeto viriam do investimento em veículos Millhouse de Abramovich.

Escritórios, museus, galerias de arte, condomínios privados e hotéis estão todos planejados para a ilha, disse John Mann, porta-voz da Millhouse, acrescentando que levará cerca de sete anos para construir o projeto no local.

Lyudmila Semykina, da All-Russian Society for the Preservation of Historical and Cultural Monuments, sociedade pela conservação e monumentos culturais e históricos, se opõe aos planos.

"Esta é uma área protegida. A lei federal diz que a terra deve ser usada para propósitos históricos e culturais, e não para o comércio imobiliário", disse Semykina.

(Reportagem de Denis Pinchuk)