Filme sobre família com mães lésbicas entra na corrida do Oscar

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 14:38 BRST
 

Por Christine Kearney

NOVA YORK (Reuters) - Um filme de orçamento pequeno sobre um casal de lésbicas com dois filhos poderia, algum tempo atrás, ter sido visto como tendo poucas chances de lotar cinemas e ser candidato a Oscar.

Mas "Minhas Mães e Meu Pai", uma versão moderna de um drama familiar cômico, estrelada por Annette Bening e Julianne Moore, vem suscitando muitos comentários no início da temporada de premiações em Hollywood, sendo cada vez mais mencionado como possível candidato ao Oscar.

O filme, que esta semana sai em DVD nos EUA e está prestes a estrear nos cinemas da Alemanha, Brasil, Áustria, Portugal, África do Sul e Holanda, tem classificação 94 por cento positiva entre os críticos mais importantes no site de resenhas rottentomatoes.com.

Bening está sendo fortemente cotada para a categoria de melhor atriz, no Oscar, pelo papel de mãe carinhosa mas às vezes áspera que procura conservar o controle de sua família depois de seus filhos adolescentes com a companheira (Julianne Moore) conhecerem seu pai biológico, representado por Mark Ruffalo.

"Minhas Mães e Meu Pai" também vem ganhando força como possível candidato ao Oscar de melhor filme, e Moore, Ruffalo e a diretora Lisa Cholodenko estão sendo vistos como candidatos a indicações nas categorias de ator e atriz coadjuvantes e de diretor.

Cholodenko, 46 anos, que na vida real tem um filho com sua companheira, concebido com a ajuda de uma doação de esperma, disse que entre começar a escrever o roteiro, em 2004, e ver o filme estrear no festival Sundance este ano, o percurso coberto foi longo. Mas, depois que o filme foi exibido pela primeira vez, ela percebeu que tinha o potencial de agradar à plateia.

O filme foi rodado em três semanas, com poucos dias de ensaios, e a habilidade dos atores foi crucial, disse a diretora. Os papéis dos filhos adolescentes foram feitos por Josh Hutcherson e Mia Wasikowska ("Alice no País das Maravilhas"), que receberam prêmios como atores-revelação.

"Minhas Mães e Meu Pai" custou 4 milhões de dólares e até agora já rendeu 20 milhões em todo o mundo. O filme evita propositalmente ser classificado como voltado exclusivamente a lésbicas.

 
<p>Julianne Moore no Festival de Cinema de Roma. Seu filme "Minhas M&atilde;es e Meu Pai", uma vers&atilde;o moderna de um drama familiar c&ocirc;mico, est&aacute; sendo cada vez mais mencionado como poss&iacute;vel candidato ao Oscar. 02/11/2010 REUTERS/Alessia Pierdomenico/Arquivo</p>