Novo filme de "Harry Potter" chega à Internet antes da estreia

quinta-feira, 18 de novembro de 2010 10:26 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O estúdio Warner Bros informou na quarta-feira que estava se empenhando para remover da Internet um vídeo de 36 minutos extraído do novo filme "Harry Potter", antes da estreia no próximo fim de semana -- em que os especialistas do setor dizem poderá obter a maior arrecadação da série.

Observadores do setor e mesmo o estúdio que produziu o filme acreditam que ele possa superar a marca dos 100 milhões de dólares nos Estados Unidos e no Canadá nos três primeiros dias no cinema, a partir do próximo dia 19.

Eles também esperam venda mundial de mais de 1 bilhão de dólares em ingressos.

Essa previsão vem se mantendo mesmo com a aparição de 36 minutos de "Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1" em um website na terça-feira à noite, antes da pré-estreia do filme em vários países.

Em um comunicado a Warner Bros disse que o trecho foi "furtado e colocado ilegalmente" na Internet. "Isso constitui uma grave violação dos direitos de autor e furto de propriedade da Warner Bros", diz o texto.

"Estamos agindo ativamente para restringir e/ou remover cópias que podem estar disponíveis. Nós também estamos investigando vigorosamente essa questão e vamos processar os envolvidos integralmente, como prevê a lei", acrescenta o estúdio.

(Por Jill Serjeant)

 
<p>Astros de Harry Potter Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint na pr&egrave;miere do novo filme "Harry Potter" em Nova York. 15/11/2010 REUTERS/Shannon Stapleton</p>