Ingleses querem William como rei, não Charles, mostra pesquisa

segunda-feira, 22 de novembro de 2010 07:56 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O príncipe William e a sua noiva Kate Middleton deveriam ser os próximos reis britânicos em lugar do herdeiro ao trono, o príncipe Charles e a sua esposa, Camilla, a duquesa de Cornualha, mostraram duas pesquisas no sábado.

Um levantamento feito pela ICM, publicado no tablóide News of the World, mostrou que 64 por cento das pessoas queriam William e a sua futura esposa como os próximos no trono, enquanto pesquisa da YouGov no jornal Sunday Times mostrou que a maioria dos britânicos acredita que William seria um rei melhor do que o seu pai Charles.

Charles, de 62 anos, é o próximo na sucessão para o trono, ocupado pela a sua mãe - a rainha Elizabeth, 84 anos. O público britânico não tem poder algum na decisão de quem será o próximo rei ou rainha, um papel em grande parte simbólico em um país de democracia parlamentar.

A pesquisa da ICM também apontou que menos de uma pessoa a cada cinco queria ver a coroa ser passada para Charles e Camilla. Já a pesquisa da YouGov mostrou que 44 por cento dos entrevistados acreditam que Charles deveria abrir caminho para que o seu filho se tornasse o próximo rei, contra 37 por cento deles que acreditam no contrário.

William e Middleton, ambos com 28 anos, anunciaram o noivado nesta semana. O fotogênico casal conquistou extensa cobertura da mídia.

Charles é visto por alguns como muito velho para revitalizar a monarquia se ele eventualmente suceder a sua mãe. A esposa de Charles, Camilla, está muito longe de ser popular como a primeira esposa dele, princesa Diana, que morreu em um acidente de carro em 1997 após o divórcio.

Os levantamentos chegam um dia depois de que Charles, em entrevista na televisão, disse que Camilla poderia ser a rainha se ele fosse coroado rei. Charles casou com Camilla, sua amante de longa data, cinco anos atrás e na ocasião foi oficialmente decidido que ela teria o título de princesa consorte se Charles se tornasse o rei.

Uma pesquisa da CNN/ComRes mostrou que mais de três quartos dos entrevistados acreditam que o casamento entre William e Middleton será positivo para a monarquia.

Ainda que vários britânicos tenham gostado da ideia do casamento de William, marcado para o ano que vem, algumas pessoas disseram que seria inapropriado ver um acontecimento de tanta pompa acontecendo no período em que o país tomou medidas drásticas e cortes duros para diminuir o problema de déficit orçamentário.

 
<p>Pr&iacute;ncipe William e sua noiva Kate Middleton no pal&aacute;cio St. James, em Londres. O pr&iacute;ncipe William e a sua noiva deveriam ser os pr&oacute;ximos reis brit&acirc;nicos em lugar do pr&iacute;ncipe Charles e a sua esposa, Camilla, mostraram duas pesquisas no s&aacute;bado. 16/11/2010 REUTERS/Suzanne Plunkett/Arquivo</p>