Eminem e o cantor de R&B Bruno Mars lideram indicações ao Grammy

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 09:54 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O rapper Eminem marcou seu retorno ao mundo da música com dez indicações aos Grammys deste ano, sendo o destaque na divulgação na quarta-feira dos concorrentes à grande premiação musical. Ele retorna depois de passar anos combatendo seu vício pelas drogas.

O astro do hip-hop, de 38 anos, foi indicado para os três principais prêmios: álbum do ano, melhor música e gravação do ano, além de concorrer em diversas categorias de rap.

Entre os outros destaques estão o astro do R&B Bruno Mars com sete indicações, o rapper Jay-Z, a estrela do pop Lady Gaga e o grupo de música country Lady Antebellum, com seis indicações cada.

O astro canadense Justin Bieber, assediado por garotas em todos os lugares, como um dos ídolos cobiçadas do mundo da música no momento, foi indicado à categoria de artista revelação. Ele competirá com o rapper Drake; duas bandas britânicas, Florence & The Machine e Munmford & Sons; e a cantora de jazz norte-americana Esperanza Spalding.

A divulgação dos vencedores das 109 categorias será em cerimônias em Los Angeles no dia 13 de fevereiro.

As bandas de rock não tiveram grande presença nas principais categorias, enquanto artistas do pop, hip-hop e country foram bem-sucedidos.

A banda de Montreal Arcade Fire representará o gênero do rock na corrida para álbum do ano. O terceiro lançamento da banda, "The Suburbs", competirá com "Recovery", de Eminem, "Need You Now", de Lady Antebellum, "The Fame Monster", de Lady Gaga, e "Teenage Dream", da cantora de pop Katy Perry.

Na categoria de álbum do ano, estão concorrendo "Nothin' on You", do rapper B.o.B com participação de Bruno Mars, "Love The Way You Lie", de Eminem com Rihanna; "F*** You", do cantor de funk Cee Lo Green; "Empire State of Mind", do rapper Jay-Z, e a cantora de R&B Alicia Keys; e "Need You Now", de Lady Antebellum.

(Reportagem de Dean Goodman)

 
<p>O m&uacute;sico Bruno Mars apresenta "Just The Way You Are" no show dos nomeados ao Grammy em Los Angeles, 1o de dezembro de 2010. REUTERS/Mario Anzuoni</p>