Ryan Gosling foi demitido de filme após entupir-se de sorvete

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010 16:59 BRST
 

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - Ryan Gosling revelou que foi demitido do filme de 2009 "Um Olhar do Paraíso", de Peter Jackson, porque o fato de ter engordado 27 quilos não foi bem recebido pelo diretor e os outros produtores.

Gosling disse que seu muito comentado ganho de peso -- causado pelo fato de tomar sorvete Haagen Dazs derretido quando estava com sede -- fez parte de como ele enxergou o personagem do pai enlutado Jack Salmon, que acabou sendo representado por Mark Wahlberg.

"Tínhamos ideias distintas de qual deveria ser a aparência do personagem", disse Gosling ao Hollywood Reporter. "Eu achei de fato que ele deveria pesar 95 quilos."

Jackson discordou e demitiu Gosling dias antes de a produção começar a ser rodada, em 2007.

"Não conversamos muito sobre o processo de pré-produção, e foi esse o problema", disse Gosling. "Era uma produção enorme, e havia tantas coisas das quais cuidar, e ele não tinha condições de conversar individualmente com os atores. Eu simplesmente compareci ao set e tinha entendido errado."

"Lá estava eu, gordo e desempregado."

Fran Walsh, esposa e colaboradora de Peter Jackson, deu ao Hollywood Reporter uma versão um pouco diferente dos fatos, um ano atrás.

"Ryan nos procurou duas ou três vezes e disse: 'Não sou a pessoa certa para este papel. Sou jovem demais'", ela recordou. "E nós falamos: 'Não, não. A gente tem como envelhecer você. Podemos fazer seu cabelo ficar ralo'. Queríamos muito tê-lo no filme."

"Foi apenas quando estávamos em pré-produção e o elenco chegou que foi ficando cada vez mais claro: ele estava muito pouco à vontade em fazer o filme, e começamos a achar que ele não era a pessoa certa para o papel. O problema foi nossa cegueira, a vontade de fazer a coisa funcionar, custasse o que custasse."