Depp e Jolie levam glamour de Hollywood a "O Turista"

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 15:24 BRST
 

Por John Irish

PARIS (Reuters Life!) - Se existisse uma receita perfeita para um filme de sucesso, ela com certeza incluiria um diretor premiado com o Oscar que coloca o carismático Johnny Depp e a fascinante Angelina Jolie em cenários de Paris e Veneza.

O thriller de ação e romance "O Turista" é a primeira investida em Hollywood feita por Florian Henckel von Donnersmarck, que ficou conhecido quatro anos atrás quando ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro por "A Vida dos Outros".

Baseado no filme francês "Anthony Zimmer - A Caçada", o primeiro filme hollywoodiano do diretor e roteirista alemão conserva um estilo europeu mas lembra as tradições mais antigas de Hollywood, com sets belíssimos, guarda-roupa elegante e diálogos ágeis e inteligentes.

"Há quem diga que a era de ouro de Hollywood acabou e que não temos mais pessoas como Humphrey Bogart ou Lauren Bacall", disse Von Donnersmarck à Reuters antes da estreia do filme, na sexta-feira.

"É claro que temos. Temos pessoas como Johnny Depp, ainda mais cool que Bogart, e Angelina Jolie, que é Betty Davis e Marilyn Monroe em uma só pessoa."

O personagem de Depp é um professor de matemática que, enquanto está em férias, se envolve em uma teia de mentiras tecida pela 'femme fatale' vulnerável representada por Jolie e é caçado por um detetive inglês obstinado representado por Paul Bettany (o vilão de "O Código Da Vinci").

O estúdio de Hollywood Columbia Pictures juntou Depp e Jolie pela primeira vez, mas, segundo Donnersmarck, a fama deles não atrapalhou as filmagens. Os dois não se conheciam pessoalmente antes de fazerem o filme.

Um dos destaques do filme pode ser a cena em que Johnny Depp salta sobre telhados de Veneza trajando pijama, mas o diretor atrai os espectadores com Angelina Jolie vestida para arrasar em praticamente todas as cenas.

Conhecida por fazer cenas ousadas de ação, ela mesma, em filmes como "Salt" e "Sr. e Sra. Smith", Jolie disse que sentiu um pouco de inveja de Depp por ele ter ficado com todas as cenas de ação em "O Turista", mas que a chance de mostrar-se tão elegante quanto Grace Kelly compensou por isso.

"Quisemos criar algo que proporcionasse um prazer e a fuga que gostaríamos que Paris e Veneza fossem, e todo o mundo sente essa elegância", disse Jolie, que adotou sotaque britânico para o filme. "Me senti de volta em um filme antigo."

 
<p>Atriz norte-americana Angelina Jolie em Londres em agosto deste ano. REUTERS/Suzanne Plunkett</p>