14 de Dezembro de 2010 / às 23:15 / 7 anos atrás

Reese Witherspoon vira atleta em "Como Você Sabe"

<p>Reese Witherspoon na estreia de "Como Voc&ecirc; Sabe" em Los Angeles. 13/12/2010 REUTERS/Mario Anzuoni</p>

Por Chris Michaud

NOVA YORK (Reuters) - Ganhar um Oscar pode ajudar a carreira de um ator e abrir portas em Hollywood, ou em alguns casos pode virar uma maldição.

Mas para Reese Witherspoon, que recebeu a estatueta em 2005 por “Johnny e Juno”, o prêmio trouxe algo que ninguém - certamente nem ela mesma - esperava: que o badalado diretor e roteirista James L. Brooks escrevesse um papel especialmente para ela.

Na comédia romântica “Como Você Sabe”, que estreia nos EUA na sexta-feira e tem Owen Wilson, Paul Rudd e Jack Nicholson no elenco, Witherspoon interpreta uma grande jogadora de softball com uma confusa vida sentimental.

“Diretor e roteiro são o mais importante; nem foi preciso pensar (para aceitar o papel)”, disse à Reuters a atriz, de 34 anos. “Ele escreve algumas das maiores protagonistas femininas.”

Ela se refere a filmes como “Laços de Ternura”, de 1983 (Oscar de roteiro, direção e melhor filme), e “Melhor É Impossível”, de 1997 (Oscar de melhor atriz para Helen Hunt).

Em “Como Você Sabe”, a jogadora Lisa vê sua carreira esportiva terminar repentinamente aos 31 anos, e precisa mudar o foco da sua vida. Ela embarca num relacionamento com Matty (Wilson), um atrapalhado jogador de beisebol que tenta mudar de vida ao lado dela. Mas a protagonista é atraída por outro homem, o sensível empresário George (Rudd), envolvido injustamente em uma investigação federal.

Witherspoon, que chegou à fama uma década atrás graças a uma série de papéis elogiados em filmes de baixo orçamento (como “Eleição”) ou em grandes sucessos (“Legalmente Loira”), se disse intrigada com os contrastes entre ela própria e sua personagem Lisa.

“Não sou realmente atlética”, disse ela. “E Lisa é uma mulher que não sabe falar dos seus sentimentos, enquanto eu falo constantemente sobre meus sentimentos e conflitos românticos e relacionamentos e amores achados e perdidos”, riu ela.

“Também costumo interpretar personagens muito verbais, mas essa é uma mulher que não está interessada nisso, e realmente não quer falar sobre as coisas.”

Concluiu ela: “Conheci algumas atletas assim, isso meio que modelou o personagem - mais masculino em suas qualidades emocionais. Isso era totalmente diferente de mim.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below