Retratos filmados por Andy Warhol são mostrados em Nova York

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010 11:41 BRST
 

Por Basil Katz

NOVA YORK (Reuters Life!) - O artista Andy Warhol pode ser conhecido sobretudo por seus silk-screens em cores fortes e suas sátiras inteligentes da cultura pop, mas uma exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York foca seus filmes mudos, com frequência densos.

A mostra "Andy Warhol - Motion Pictures" será aberta em 19 de dezembro e ficará até março. Ela consiste em 14 "screen tests" (testes de tela) - retratos curtos, silenciosos, em preto-e-branco, de amigos do artista - e também alguns de seus trabalhos mais longos.

Os "screen tests" da exposição foram escolhidos entre quase 500 curtas-metragens feitas por Warhol entre 1964 e 1966. Vistos em conjunto, eles representam um "quem é quem" do cenário artístico de Nova York na época.

"Uma das coisas que torna esses 'screen tests' tão instigantes não é apenas o interesse que Warhol sentia pelas celebridades, mas, o que é mais importante em minha opinião, seu interesse em repensar toda a ideia da criação de retratos nos anos 1960", disse Glenn Lowry, diretor do Museu de Arte Moderna.

O músico Lou Reed, a escritora Susan Sontag, a socialite Edie Sedgwick, o poeta Allen Ginsberg, o artista Dennis Hopper e outro estão nos filmes.

As projeções brilham em preto-e-branco nítidos. Lou Reed olha fixamente para a câmera, e a barba e cabeleira escuras de Allen Ginsberg desaparecem na sombra do quadro.

Os curadores do museu também incluíram alguns dos filmes mais complexos e pesados de Warhol, como "Eat", "Sleep" e "Empire".

No trecho de 86 minutos mostrado do filme "Sleep", que tem mais de cinco horas de duração e no qual Warhol filmou o poeta John Giorno, o artista por vezes parece brincar com o espectador, incluindo momentos totalmente parados que estão nos limites entre a imagem em movimento e a fotografia.

O público também poderá assistir ao filme mudo de oito horas de duração "Empire", sobre o arranha-céu desse nome em Manhattan, ou a "Kiss", que mostra 13 casais se abraçando e beijando.