"Discurso do Rei" e "Vencedor" lideram indicações a prêmios SAG

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010 13:30 BRST
 

Por Bob Tourtellotte

LOS ANGELES (Reuters) - O Sindicato de Atores de Cinema e Televisão (SAG) dos EUA indicou nesta quinta-feira os atores de "O Discurso do Rei" e "O Vencedor" para quatro prêmios por cada filme, incluindo o de melhor elenco, reforçando as chances dos filmes na corrida às indicações ao Oscar.

Juntam-se aos dois filmes na categoria de melhor elenco -- o prêmio mais importante dado pelo SAG -- os atores de "O Cisne Negro", "Minhas Mães e Meu Pai" e "A Rede Social".

O SAG representa os atores e atrizes de cinema e televisão, e todos os anos seus prêmios são observados de perto para indicativos sobre os filmes e atores que poderão também competir pelo Oscar, os prêmios mais importantes do cinema mundial.

"O Discurso do Rei", que trata da gagueira do rei britânico George 6o na véspera da 2a Guerra Mundial, recebeu também indicações do SAG para Colin Firth (ator principal), Helena Bonham Carter (atriz coadjuvante) e Geoffrey Rush (ator coadjuvante).

O drama sobre boxe "O Vencedor" valeu indicações para Christian Bale na categoria de ator coadjuvante e para Amy Adams e Melissa Leo como atrizes coadjuvantes. Ficou faltando na lista do SAG o ator principal do filme, Mark Wahlberg.

Em lugar disso, o SAG escolheu cinco outros atores para disputar nessa categoria: além de Colin Firth, Jeff Bridges por "Bravura Indômita", Robert Duvall por "Get Low", James Franco por "127 Horas" e Jesse Eisenberg por "A Rede Social".

A mesma coisa aconteceu na categoria de melhor atriz, da qual ficaram fora as atrizes principais dos dois filmes que foram os mais indicados. Nessa disputa, Annette Bening, de "Minhas Mães e Meu Pai", vai disputar o troféu SAG com Nicole Kidman, por "Rabbit Hole", Natalie Portman, por "O Cisne Negro", Hilary Swank, por "Conviction", e a novata Jennifer Lawrence, por "Inverno da Alma".

 
<p>O ator Colin Firth na estreia de "O Discurso do Rei" em Londres. 21/10/2010 REUTERS/Luke MacGregor/Arquivo</p>