Polícia diz que Lindsay Lohan violou condicional

terça-feira, 4 de janeiro de 2011 17:39 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A polícia acredita que a atriz Lindsay Lohan violou sua condicional e quer que ela seja acusada de agressão por conta de um confronto recente com uma funcionária do centro de reabilitação da Califórnia onde a atriz passou três meses em tratamento.

A polícia de Riverside, a leste de Los Angeles, disse em comunicado que o caso contra a atriz de "Meninas Malvadas" será investigado, apesar de a vítima, Dawn Holland, funcionária do Betty Ford Center, ter pedido o arquivamento do caso. Se um juiz determinar que Lohan violou a liberdade condicional, ela pode ser presa novamente.

A decisão da polícia ocorreu no momento em que Lohan completou sua reabilitação no centro de tratamento contra drogas e álcool, na segunda-feira. Não se sabe se ela saiu do centro, que fica perto de Palm Springs, Califórnia.

Lohan, de 24 anos, não foi vista e manteve seu silêncio desde o envio de uma mensagem de Twitter em 1o de janeiro, dizendo: "Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida".

Sua estada no Betty Ford foi sua quinta passagem por clínicas de reabilitação em três anos e ocorreu depois que ela falhou em um teste de drogas, enquanto estava em liberdade condicional por uma condenação por dirigir bêbada e sob a influência de drogas em 2007.

Lohan é acusada de empurrar Holland e arrancar à força um telefone de sua mão em 12 de dezembro. A funcionária tinha sido chamado para fazer um teste de álcool na atriz.

Inicialmente, Holland fez uma denúncia à polícia e queria apresentar queixa contra Lohan, mas agora ela diz que não quer mais fazer queixa. A polícia de Riverside, no entanto, recusou-se a encerrar o caso e disse na noite de segunda-feira que iria encaminhá-lo ao Ministério Público, que irá determinar se irá apresentar acusações formais.

"A investigação determinou que Lohan violou vários aspectos de sua condicional, incluindo a denúncia de agressão", disse a polícia em um comunicado.

A problemática atriz deve retornar ao tribunal de Beverly Hills para uma audiência de progresso em fevereiro. Ela já foi presa três vezes sob a acusação dirigir embriagada, uma em 2007 e duas vezes em 2010, por violar a condicional.

 
<p>A atriz Lindsay Lohan &eacute; vista em foto divulgada pelo departamento de pol&iacute;cia de Los Angeles, 24 de setembro de 2010. REUTERS/Los Angeles County Sheriff Department/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>