Atriz "mãe" de Obama é presa com drogas na Indonésia

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 12:31 BRST
 

JACARTA (Reuters Life!) - Uma atriz sul-africana que interpretou a mãe de Barack Obama em um filme indonésio sobre a infância do presidente norte-americano foi presa e acusada pelo porte de drogas, informou a polícia de Jacarta nesta quarta-feira.

A atriz e modelo sul-africana Cara Lachelle, de 27 anos, interpretou Ann Dunahm, a mãe falecida de Obama, no filme "Obama Anak Menteng" (Pequeno Obama), lançado no ano passado.

Dunham, uma antropóloga, se mudou para a Indonésia nos anos 1960 com Obama, que tinha seis anos de idade na época, para se unir ao seu segundo marido, o indonésio Lolo Soetoro.

Obama é muito popular na Indonésia e impressionou os moradores locais durante uma visita em novembro, na qual relembrou carinhosamente sua juventude na capital, acrescentando frases e palavras indonésias aos seus discursos.

O porta-voz da polícia de Jacarta Baharudin Djafar disse que Lachelle foi detida com mais de um grama de cristal de metanfetamina, ou "ice", e sob a lei indonésia pode ser condenada a uma pena máxima de 15 anos na prisão.

"Nós a detivemos em seu apartamento em Jacarta depois que prendemos quatro indonésios que portavam armas e vendiam drogas na região", disse por telefone à Reuters Baharudin Djafar, porta-voz da polícia de Jacarta.

A Indonésia, junto com outros países do Sudeste Asiático, tem leis rígidas contra os narcóticos, e delitos graves podem ser punidos com a pena de morte.

(Reportagem de Olivia Rondonuwu)