Venezuela se irrita com TV colombiana por zombar de "Huguito"

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 15:36 BRST
 

Por Mario Naranjo

CARACAS (Reuters) - O governo do presidente venezuelano, Hugo Chávez, exortou uma emissora de TV privada a deixar de exibir uma telenovela colombiana na qual há um cão chamado "Huguito" e que, segundo o governo, insulta o orgulho nacional venezuelano.

A novela "Chepe Fortuna" - o título é o nome do personagem principal - também tem uma personagem que é uma secretária fofoqueira chamada "Venezuela".

Em um episódio, Venezuela perde seu cãozinho Huguito e uma amiga a consola: "Você vai se libertar, Venezuela!"

Somada ao pano de fundo das relações tensas entre os dois países vizinhos andinos nos últimos dez anos, a sátira provocou uma reação fortemente negativa do Conatel, o órgão estatal que regulamenta as telecomunicações na Venezuela.

"Venezuela é repetidamente caracterizada como estando ligada ao crime, à ingerência e à vulgaridade, numa manipulação descarada da trama que visa desmoralizar o povo venezuelano", disse a Conatel.

Na quinta-feira, a emissora local Televen deixou de exibir o capítulo do dia da novela.

Colombianos e venezuelanos adoram telenovelas, muitas das quais refletem as realidades políticas e sociais nacionais.

A sátira feita à Venezuela em "Chepe Fortuna" se dá num momento delicado, em vista da história de rupturas diplomáticas entre os governos de Bogotá e Caracas, ideologicamente opostos, desde que Chávez chegou ao poder, em 1999.

Críticos dizem que Chávez reprime a liberdade da mídia em seu país. Mas o presidente e seus partidários apontam para as críticas e sátiras a seu governo como provas da pluralidade supostamente existente no país.