"O Discurso do Rei" lidera indicações ao Bafta

terça-feira, 18 de janeiro de 2011 09:36 BRST
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - "O Discurso do Rei", com Colin Firth interpretando o rei gago George 6o, recebeu na terça-feira 14 indicações ao prêmio Bafta, mais do que "Cisne Negro," com 12.

"A Origem," com Leonardo DiCaprio, recebeu nove indicações ao principal prêmio cinematográfico da Grã-Bretanha. "127 Horas" e o remake de "Bravura Indômita" levaram oito indicações, à frente de "A Rede Social", favorito ao Oscar, que ficou com apenas seis.

O Bafta é um prêmio acompanhado com atenção pelos especialistas, mas não é considerado um bom indicador para o Oscar.

Firth, recentemente ganhador do Globo de Ouro e considerado um dos favoritos ao prêmio da Academia, disputa o Bafta de melhor ator, junto com Javier Bardem (por "Biutiful"), Jeff Bridges ("Bravura Indômita"), Jesse Eisenberg ("A Rede Social") e James Franco ("127 Horas").

Helena Bonham Carter e Geoffrey Rush, também no elenco de "O Discurso do Rei", foram indicados aos prêmios de melhores coadjuvantes.

Natalie Portman, de "Cisne Negro", concorre ao prêmio de melhor atriz, ao qual foram indicadas também Annette Bening e Julianne Moore, que vivem um casal de lésbicas em "Minhas Mães e Meu Pai". A sueca Noomi Rapace ("Os Homens que Não Amavam as Mulheres") e a adolescente Hailee Steinfeld ("Bravura Indômita") completam a lista de concorrentes.

Pete Postlethwaite, que morreu neste ano, recebeu uma indicação póstuma como ator coadjuvante por "Atração Perigosa".

O grafiteiro britânico Banksy foi indicado ao Bafta de melhor diretor estreante por "Exit Through the Gift Shop". Ele disputa o prêmio com Chris Morris, roteirista e diretor de "Four Lions", indicado também ao prêmio de melhor filme britânico.   Continuação...

 
<p>Colin Firth com seu Globo de Ouro por "O Discurso do Rei", na cerim&ocirc;nia de entrega do pr&ecirc;mio em Beverly Hills. Seu filme foi indicado a 14 pr&ecirc;mios Bafta nesta ter&ccedil;a-feira. REUTERS/Lucy Nicholson</p>