BBC encolhe unidade online para cortar custos

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011 15:11 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A emissora pública britânica BBC disse esta segunda-feira que fechará 200 sites dentro dos próximos dois anos em uma tentativa de cortar custos e mudar o modelo de seu conteúdo online.

A estratégia, que inclui o fechamento de 360 postos de trabalho, é parte de uma série de medidas para cortar custos. Ela foi formulada após uma redução do valor do fundo da emissora para pagar as taxas de licenciamento de conteúdo, que foi cortado em 20 por cento em outubro passado.

A empresa disse que os cortes eram necessários para atender à sua meta de reduzir 25 por cento dos gastos, ou 34 milhões de libras (54 milhões de dólares), em conteúdo online.

O grupo foi criticado no passado por competidores e legisladores por se expandir agressivamente usando dinheiro de impostos, enquanto firmas comerciais sofriam com a crise econômica.

Os sites em questão fazem parte de domínios não muito conhecidos como o site de habilidades "RAW", os sites para adolescentes "Switch" e "Blast", o site de documentários "Video Nation" e páginas para comunidades como "h2g2" e "606". O fórum da BBC iPlayer também será fechado.

O diretor da BBC Mark Thompson disse que o serviço online da empresa continua essencial para o futuro digital da companhia, mas afirmou ser necessário fazer um aprimoramento da área para melhorar sua qualidade.

"O BBC Online é um grande sucesso, mas, por termos um vasto conjunto de sites, eles às vezes não atingem nossas expectativas", afirmou em um comentário.

A BBC disse que o foco editorial será direcionado para produzir notícias de qualidade, com atualizações minuto a minuto e conteúdo multimídia incluso.