"Discurso do Rei" lidera indicações ao Oscar

terça-feira, 25 de janeiro de 2011 18:26 BRST
 

Por Dean Goodman

BEVERLY HILLS (Reuters) - "O Discurso do Rei", drama britânico sobre o esforço do rei George 6 para superar sua gagueira, liderou as indicações ao Oscar na terça-feira, com 12, entre elas para o prêmio de melhor filme.

Colin Firth, já favorito na temporada de premiações, foi indicado ao Oscar de melhor ator pelo papel do rei, pai da monarca atual, a rainha Elizabeth.

Em comunicado à imprensa, Firth, 50 anos, disse que está comemorando com seus colegas. "Não estou acostumado a tanta alegria e tanto champanhe a esta hora."

Seus colegas de elenco também foram indicados por seus papéis coadjuvantes no filme distribuído pela Weinstein Co.: Helena Bonham Carter (representou a mulher de George, a futura rainha mãe), e o australiano Geoffrey Rush pelo papel do fonoaudiólogo que ignora o protocolo real, mergulhando na psique de seu cliente relutante.

Em 2009, "O Curioso Caso de Benjamin Button" recebeu 13 indicações, mas acabou com apenas três prêmios.

"Bravura Indômita", remake de um faroeste sobre a luta corajosa de uma garota para caçar o assassino de seu pai, levou dez indicações. Além de melhor filme, recebeu indicações de atuação para Jeff Bridges, ganhador do Oscar no ano passado, e para a novata de 14 anos de idade Hailee Steinfeld.

Mas o filme vem sendo praticamente ignorado na temporada de premiações e não recebeu menção alguma nos Globos de Ouro.

"A Rede Social", drama sobre a criação do Facebook, dominou as premiações de vários grupos de críticos e ganhou oito indicações ao Oscar, empatando com o thriller de ficção científica "A Origem".   Continuação...

 
<p>O ator Colin Firth j&aacute; ganhou o Globo de Ouro de melhor ator pelo filme "O Discurso do Rei". 16/01/2011 REUTERS/Lucy Nicholson</p>