Miranda Lambert lidera indicados da Academia de Música Country

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 13:34 BRST
 

Por Vernell Hackett

NASHVILLE, EUA (Reuters) - Miranda Lambert, uma das cantoras country mais populares dos EUA, liderou nesta terça-feira as indicações à 46 edição anual dos prêmios da Academia de Música Country, com indicações em sete categorias, entre as quais Artista do Ano.

Lambert tomou conhecimento de suas indicações quando lia a lista de indicados com Ronnie Dunn no "The Early Show" da CBS, no Hall da Fama da Música Country, em Nashville.

Reba McEntire e Blake Shelton vão apresentar a festa anual de premiação, que será transmitida ao vivo pela CBS a partir do MGM Grand, em Las Vegas, em 3 de abril.

A texana Lambert foi indicada para os prêmios de vocalista feminina e evento vocal, que dividiu com Sheryl Crow e Loreta Lynne, pelo single "Coal Miner's Daughter", do álbum "Coal Miner's Daughter: A Tribute To Loretta Lynn".

Ela foi indicada também para melhor single do ano e canção do ano, pelo sucesso "The House That Built Me", de Tom Douglas e Allen Shamblin. "Only Prettier", de Lambert, foi indicado para vídeo do ano, assim como "The House That Built Me".

Kenny Chesney recebeu cinco indicações, entre elas por álbum do ano por "Hemingway's Whiskey" e single do ano por "The Boys of Fall".

Chesney também foi lembrado como artista e produtor: seu vídeo "The Boys of Fall" foi indicado para o troféu de vídeo do ano.

A banda novata Zac Brown Band recebeu cinco indicações, entre elas de melhor grupo vocal e álbum do ano. E o grupo foi lembrado nas categorias canção do ano, single do ano e evento vocal do ano, por "As She's Walking Away", com Alan Jackson.   Continuação...

 
<p>Miranda Lambert no show ao vivo das Indica&ccedil;&otilde;es ao Grammy, em dezembro. Lambert liderou nesta ter&ccedil;a-feira as indica&ccedil;&otilde;es &agrave; 46 edi&ccedil;&atilde;o anual dos pr&ecirc;mios da Academia de M&uacute;sica Country, com indica&ccedil;&otilde;es em sete categorias, entre as quais Artista do Ano. 01/12/2010 REUTERS/Mario Anzuoni/Arquivo</p>