Charlie Sheen diz que tem "trabalho a fazer" para se recuperar

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011 12:13 BRST
 

Por Alex Dobunzinkis

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Charlie Sheen, astro do seriado "Two and a Half Men", se manifestou publicamente pela primeira vez desde que começou um programa de reabilitação, dizendo em comunicado que tem "muito trabalho a fazer."

Sheen foi hospitalizado em 27 de janeiro depois de supostamente ter participado de uma festa de 36 horas em sua casa regada a drogas e bebida. Conhecido como "bad boy" de Hollywood, o ator começou um programa de reabilitação no dia seguinte, levando à suspensão da produção de "Two and a Half Men", comédia líder de audiência na TV americana.

"Tenho muito trabalho a fazer para poder devolver o apoio que venho recebendo de tanta gente", disse Sheen em comunicado à mídia na quarta-feira.

"A meus fãs, quero dizer que seus votos de melhoras me comoveram muito. Como Errol Flynn, que de vez em quando tinha que deixar sua espada de lado, só quero dizer 'obrigado'", disse ele.

Sheen, o ator mais bem pago da televisão dos estados Unidos, agradeceu a seus colegas em "Two and a Half Men" e também ao executivo-chefe da CBS Corp., Les Moonves, e ao chefe do estúdio Warner Bros, Bruce Rosenblum, pelo apoio deles.

A comédia No. 1 de audiência é produzida pela divisão de TV do estúdio Warner Bros, pertencente à Time Warner Inc., e vai ao ar nos EUA na CBS. O seriado gera receitas enormes para o estúdio e a rede de TV.

Um porta-voz da Warner Bros. Disse que 16 dos 24 episódios programados de "Two and a Half Men" para a temporada que termina em maio já foram gravados, faltando oito para serem filmados.

Inicialmente o porta-voz de Sheen disse que o ator se internaria em uma clínica de reabilitação na sexta-feira, mas depois disso a mídia divulgou que ele estaria recebendo atendimento em casa. Desde então o porta-voz de Sheen se nega a comentar sobre os planos de tratamento dele.   Continuação...