Novo show do Sea World deixa treinadores de baleias fora d'água

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011 17:42 BRST
 

Por Barbara Liston

ORLANDO, Flórida, 4 de fevereiro (Reuters Life!) - Um ano depois de uma treinadora do SeaWorld ter sido agarrada e afogada por uma baleia assassina diante de turistas, os responsáveis pelo parque lançaram um novo show no qual os treinadores ficam fora do tanque de água.

Intitulado "One Ocean", o novo show, anunciado em Orlando na quinta-feira, terá baleias brincando em fontes gigantes, e não com pessoas. O show vai estrear no fim de abril no SeaWorld Orlando, no fim de maio no SeaWorld San Diego e em junho no SeaWorld San Antonio.

Desde a morte da treinadora Dawn Brancheau, de 40 anos, em Orlando, em fevereiro passado, o SeaWorld proibiu os treinadores de entrarem no tanque com as baleias.

Foi uma modificação grande no show "Believe", ainda em cartaz, que era baseado no relacionamento dos treinadores com as baleias e tinha treinadores abraçando as baleias, "cavalgando-as", fazendo acrobacias e sendo lançados no ar por um movimento dos focinhos das baleias.

Tilikum, a baleia que matou Brancheau, está nos ensaios para participar do novo show, disse Julie Scardina, curadora de treinamento de animais da SeaWorld Parks & Entertainment.

O SeaWorld estuda uma maneira segura de deixar que os treinadores voltem a entrar na água com as baleias, disse Scardina.

Enquanto isso, os treinadores estão usando mangueiras de água, escovas e brinquedos para estimular as baleias e fazendo o possível para garantir que tenham contato com outras baleias.

No novo show, os treinadores permanecerão em terra, mas a participação do público aumentará; mais pessoas poderão interagir com as baleias através de uma parte do tanque que tem parede de vidro, disse Scardina.

Outras partes do show mostrarão as relações das baleias umas com as outras e entre mães e filhotes de baleias.

O show terá luzes coloridas, telões panorâmicos de LED exibindo vídeos sobre a vida marinha, e surround sound, tudo com o objetivo de educar o público sobre a conservação ambiental.

 
<p>Um treinador n&atilde;o identificado trabalha com a baleia assassina durante o show "Believe", no parque Sea World, em Orlando, na Fl&oacute;rida, no ano passado. Um ano depois de uma treinadora ter sido agarrada e afogada por uma baleia diante de turistas, os respons&aacute;veis pelo parque v&atilde;o estrear no fim de abril um novo show no qual os treinadores ficar&atilde;o fora do tanque de &aacute;gua. 14/02/2010 REUTERS/Richard Baum</p>