Aficcionada por balé, Rússia torce por "Cisne Negro" no Oscar

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 12:36 BRST
 

Por Nastassia Astrasheuskaya

MOSCOU (Reuters Life!) - A Rússia está torcendo para "Cisne Negro" ser vencedor no Oscar porque o drama de Hollywood encontrou eco no país, onde o balé é um patrimônio cultural importante.

Tendo Natalie Portman no papel da bailarina que faz o cisne negro, em "Lago dos Cisnes" - um balé composto por Pyotr Tchaikovsky no século 19 e amado pelos russos -, o filme fez sua estreia na capital na noite de sexta-feira, entre aplausos retumbantes.

"Eu ficaria tão feliz em ver um filme sobre balé ganhar", disse Anastasia Volockhova, uma das bailarinas mais famosas da Rússia. Ela já dançou "Lago dos Cisnes" várias vezes.

"O que temos na Rússia? A alma russa, o balé russo, a vodca russa. Desses elementos, o balé é o mais valioso, porque possui beleza, graça, realização", disse ela à Reuters, jogando para trás seus longos cabelos loiros.

Dirigido por Darren Aronofsky, "Cisne Negro" já arrecadou 120 milhões de dólares em todo o mundo e ganhou cinco indicações ao Oscar, incluindo as de melhor filme e de melhor atriz, esta para Portman. Os Oscars serão entregues em 27 de fevereiro.

"O filme será mais bem recebido aqui e na Europa que nos EUA, porque temos uma relação forte com o balé e a música", disse à Reuters a distribuidora da 20th Century Fox Yekaterina Romanenko, tendo ao fundo cinco bailarinas vestidas de cisne negro que dançavam ao som da música de Tchaikovsky.

A Rússia se orgulha de ser o epicentro do mundo do balé. A lista de estrelas do país parece um "quem é quem" do balé nos últimos cem anos, com nomes como Balanchine, Pavlova, Danilova, Nureyev, Baryshnikov e muitos outros.

A elite do balé russo opinou que Natalie Portman tem muitas falhas em sua dança, mas a aplaudiu por retratar com exatidão a vida difícil que as bailarinas podem enfrentar.

"Houve muitos erros logo visíveis a quem trabalha com balé", disse a prima ballerina Natalia Osipova, do famoso Teatro Bolshoi de Moscou.

"Mas ela (Portman) merece um Oscar, sem dúvida alguma", disse Osipova, acrescentando que a atriz mostrou como "o mundo do balé é cruel, como não há bondade humana nele e como, infelizmente, ele é cheio de negatividade."

 
<p>Natalie Portman recebe pr&ecirc;mio de melhor atriz por "Cisne Negro" no Screen Actors Guild Awards em Los Angeles. A R&uacute;ssia est&aacute; torcendo para "Cisne Negro" ser vencedor no Oscar porque o drama de Hollywood encontrou eco no pa&iacute;s, onde o bal&eacute; &eacute; um patrim&ocirc;nio cultural importante. 30/01/2011 REUTERS/Mario Anzuoni/Arquivo</p>