Cartas para Obama estarão em novo livro

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 08:48 BRST
 

WASHINGTON (Reuters Life!) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pode ter se apropriado indevidamente da obra de algum autor na terça-feira ao anunciar que alguém estava elaborando um livro sobre as dez cartas que ele lê todas as noites e que foram escritas por cidadãos norte-americanos comuns.

Obama recebe uma pasta cheia de cartas em cada dia de sua Presidência, escolhidas entre os milhares que chegam ao Departamento de Correspondências da Casa Branca todos os dias.

As cartas refletem as opiniões de norte-americanos preocupados com diversas questões -- ou com problemas em suas vidas.

Seus assistentes dizem que Obama lê as cartas para se sentir mais próximo do público -- para sair do que ele chama de "a bolha", que é a vida na Casa Branca.

Na terça-feira, perguntaram ao presidente em coletiva de imprensa se ele sente o sofrimento dos norte-americanos que foram atingidos pela recessão econômica e que podem ser prejudicados pelos cortes de gastos nos programas de serviço social.

"Alguém está montando um livro sobre as dez cartas que eu recebo todos os dias, e vieram falar comigo ontem", disse Obama na entrevista transmitida pela TV em rede nacional e internacional.

"O que eu disse a eles é que eu sou muito inspirado pela força e pela resistência do povo americano, mas às vezes eu também fico frustrado com o número de pessoas lá fora que estão com dificuldades, e você quer ajudar cada um individualmente", acrescentou, talvez compartilhando o segredo do autor ou aproveitando a oportunidade para divulgar o novo livro.

(Reportagem de Patricia Zengerle)

 
<p>Presidente norte-americano, Barack Obama, discute sua proposta de or&ccedil;amento em coletiva de imprensa. Obama anunciou que um livro ser&aacute; produzido sobre as dez cartas que ele l&ecirc; todas as noites e que foram escritas por cidad&atilde;os norte-americanos comuns. 15/02/2011 REUTERS/Larry Downing</p>