Cisne Negro leva quatro prêmios no Spirit Awards

domingo, 27 de fevereiro de 2011 12:02 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - "Cisne Negro", um drama de balé que lutou para ser produzido apesar de contar com um diretor e elenco de primeiro time, foi o grande vencedor do equivalente ao Oscar de cinema independente, no sábado, um dia antes de competir ao Oscar em cinco categorias.

O filme recebeu quatro estatuetas Spirit Awards, incluindo a de melhor filme e melhor atriz para Natalie Portman, que faz o papel de uma bailarina ingênua, consumida pelo medo e pela paranóia.

Darren Aronofsky levou o prêmio de melhor diretor pelo seu trabalho no filme, que também ficou com o prêmio de melhor fotografia, para Matthew Libatique.

Os três competem ao Oscar no domingo, com Portman despontando como a favorita para vencer essa corrida. O filme também compete nas categorias de melhor filme e edição.

"Inverno da Alma", que liderou as indicações ao Spirits, concorrendo em sete categorias, acabou ficando com dois prêmios. John Hawkes e Dale Dickey ganharam o prêmio de melhores coadjuvantes pelos seus desempenhos como personagens ameaçadores em uma comunidade rural norte-americana.

O prêmio de melhor ator ficou com James Franco por seu papel como um alpinista forçado a amputar seu próprio braço, no filme "127 Horas", baseado numa história real.