Nas Olimpíadas, museu londrino exibirá obras de grandes pintores

quinta-feira, 3 de março de 2011 11:50 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - Os museus da Tate Gallery vão exibir obras de Pablo Picasso, Claude Monet e Edvard Munch, gigantes da pintura no século 20, além dos artistas contemporâneos Damien Hirst e Cy Twombly, em 2012, quando a Grã-Bretanha será sede das Olimpíadas.

Foi encomendada a Tino Sehgal a criação de uma obra para o Salão Turbine do museu Tate Modern, como parte da Olimpíada Cultural, um programa de artes de quatro anos de duração que se estende até os Jogos Olímpicos, a ser realizados em Londres entre 27 de julho e 12 de agosto de 2012.

A nova obra de Sehgal, parte da série anual Unilever, em que um artista é convidado a produzir um trabalho para o cavernoso espaço Turbine, é um de dois projetos da Tate que fazem parte da Olimpíada Cultural.

O segundo é o Tate Movie Project (Projeto de Cinema Tate), uma iniciativa nacional de animação cinematográfica para crianças, que vai culminar na produção de um filme inteiramente animado.

Um dos destaques da programação da Tate para 2012 é a primeira grande retrospectiva da obra de Damien Hirst a ser promovida no Reino Unido.

Ela ficará na Tate Modern entre 5 de abril e 9 de setembro e incluirá muitos dos trabalhos mais famosos do artista plástico, entre os quais um tubarão suspenso em um invólucro de vidro com formol, criado 20 anos atrás.

O mesmo museu abrigará a mostra "Edvard Munch: O Olhar Moderno" (28 de junho a 14 de outubro de 2012), que, segundo o museu, fará uma "avaliação radical" das obras do artista norueguês, revelando sua obsessão pela ascensão da fotografia e do cinema.

No museu Tate Britain, também em Londres, uma mostra vai destacar as ligações de Picasso com a Grã-Bretanha, onde o artista foi uma figura controversa e uma celebridade que exerceu grande impacto sobre o modernismo britânico. A mostra ficará no museu de 15 de fevereiro a 15 de julho de 2012.

(Reportagem de Mike Collett-White)