March 8, 2011 / 1:58 AM / 6 years ago

Ilha reconstrói Carnaval após fogo e conta evolução das espécies

4 Min, DE LEITURA

<p>Carro da Uni&atilde;o da Ilha do Governador, que abriu a &uacute;ltima noite de desfiles no Rio de Janeiro.Sergio Moraes</p>

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Uma das escolas atingidas pelo incêndio na Cidade do Samba em fevereiro, a União da Ilha do Governador conseguiu refazer suas fantasias e levou à Marquês de Sapucaí um desfile animado, em que contou a evolução das espécies ao abrir a última noite do Carnaval do Rio nesta segunda-feira.

A agremiação, que teve que reconstruir grande parte de suas fantasias após o incidente, explorou a Teoria da Evolução do britânico Charles Darwin com o samba "O mistério da vida" e levou à avenida um desfile colorido, representando todos os tipos de vida, incluindo células, plantas e a evolução humana.

Uma das promessas da escola antes do incêndio, um carro com uma aranha gigante que se articulava durante o desfile, foi refeito e se destacou na avenida. Em outro carro, uma grande tartaruga dourada se movimentava ao representar o arquipélago de Galápagos, fundamental para os estudos de Darwin.

" A União é festa com ou sem problema o ano inteiro. Vamos mostrar uma superação e samba no pé", disse Nei Filardis, presidente da escola, que comemorou seu aniversário de 58 anos em plena avenida. "Nosso sonho não foi queimado, só retardado. A garra e o amor pela escola não foram queimados. São 58 anos da escola, meu muito obrigado. O show é esse."

Outra escola que sofreu com o incêndio do mês passado na Cidade do Samba, e que também está fora do julgamento assim como Ilha e Portela, a Grande Rio tentará superar a perda de grande parte das fantasias e alegorias, em seu desfile sobre a ilha de Y-Jurerê Mirim, em referência à capital catarinense Florianópolis.

A agremiação de Duque de Caxias prestará uma homenagem aos funcionários do barracão que trabalharam para refazer carros e fantasias destruídos pelo fogo.

Ainda nesta última noite de desfiles no sambódromo, Salgueiro e Beija-Flor tentarão desbancar a campeã de 2010, Unidos da Tijuca, até agora favorita para conquistar o bicampeonato.

Assim como a escola do carnavalesco Paulo Barros, o Salgueiro se inspirou no cinema e levará para a avenida um set de filmagem em seu enredo "Salgueiro apresenta: o Rio no cinema." A agremiação promete representar personagens da animação do diretor Carlos Saldanha "Rio", que ainda será lançada internacionalmente.

O sucesso do cinema nacional "Tropa de Elite" estará na bateria, que terá os ritmistas e a rainha Viviane Araújo fardados como soldados do Bope.

Mocidade Independete de Padre Miguel, quarta escola da noite, inspirou seu enredo na agricultura, e a Porto da Pedra escolheu a diretora de teatro Maria Clara Machado para representar na avenida no enredo "O sonho sempre vem pra quem sonhar...".

A tradicional Beija-Flor fechará o Carnaval na Marquês de Sapucaí com uma homenagem ao cantor e compositor Roberto Carlos. O homenageado vai desfilar cercado de crianças no último carro alegórico da escola de Nilópolis, próximo a uma escultura de Jesus Cristo -- uma referência a um dos sucessos do cantor.

Por Maria Pia Palermo, Pedro Fonseca e Hugo Bachega

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below