Pai de Miley Cyrus desiste de divórcio e diz amar Hannah Montana

sexta-feira, 18 de março de 2011 12:23 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O pai da cantora Miley Cyrus, ídolo do público teen, abandonou o plano de se divorciar e diz que já não acha que o programa de TV dela "Hannah Montana", exibido pelo Disney Channel, tenha separado sua família.

"Desisti do divórcio. Quero reaproximar minha família", disse o cantor country Billy Ray Cyrus em entrevista que irá ao ar na sexta-feira no talk show diurno "The View". Trechos do programa foram divulgados na noite de quinta-feira.

Cyrus, de 49 anos, pediu divórcio de sua mulher Tish em outubro, para pôr fim ao casamento de 17 anos deles. No mês passado o cantor de "Achy Breaky Heart" disse à revista GQ que "Hannah Montana" destruiu sua família, culpando o programa por ter feito sua filha se descontrolar.

"Hannah Montana" começou em 2006 e lançou a carreira mundial de Miley Cyrus, 18, como cantora e atriz. Mas no último ano ela se envolveu em vários escândalos enquanto buscava distanciar-se da imagem de adolescente certinha.

Billy Ray Cyrus, que representou o pai de sua filha no programa do Disney Channel, disse ao "The View" que quer corrigir o que disse anteriormente.

"Adoro 'Hannah Montana'. Adoro a Disney. Amo nossos fãs que nos acompanharam durante todo esse programa. Tem sido uma jornada incrível."

"Não foi isso que desfez nossa família. Já a fama é diferente, é preciso tomar cuidado com ela ... mas ei, levando tudo em conta, é boa", disse.

Cyrus procurou esclarecer fotos recentes em que Miley aparece diante de um restaurante de Los Angeles, aparentemente bêbada.

Miley teria dito a ele que tropeçou devido aos flashes das câmeras dos paparazzi. "O mais importante é que ela disse 'eu não bebi, não estava bêbada'", disse Billy Ray Cyrus.

(Reportagem de Jill Serjeant)