Pai de Lindsay Lohan é indiciado por ataque a ex-namorada

quarta-feira, 23 de março de 2011 18:39 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O pai da atriz Lindsay Lohan foi formalmente acusado nesta quarta-feira de atacar sua ex-namorada, com quem estava vivendo, durante uma discussão em casa, informaram promotores em Los Angeles.

Michael Lohan, de 50 anos, foi preso em uma rua de West Hollywood na segunda-feira à noite depois que a namorada, Kate Major, apresentou uma queixa na polícia por violência doméstica.

Autoridades descreveram os ferimentos como pequenos, mas disseram que Lohan poderia pegar até 1 ano de prisão, se condenado.

Michael Lohan e a mãe de Lindsay, Dina, se divorciaram em 2007. Ele já teve vários problemas com a Justiça e passou um período na prisão. Michael Lohan deve aparecer na próxima temporada do reality show "Celebrity Rehab with Dr. Drew" (reabilitação de celebridades com o dr. Drew), no qual receberá tratamento para controle da raiva.

Nos últimos três anos Lindsay Lohan passou várias vezes por clínicas de recuperação de dependentes químicos e pela prisão. No mês passado ela se declarou inocente da acusação de furto de um colar avaliado em 2.500 dólares, em uma loja, em janeiro.

(Reportagem de Jill Serjeant)