Charlie Sheen é vaiado em estreia de teatro nos EUA

domingo, 3 de abril de 2011 17:34 BRT
 

Por Bernie Woodall

DETROIT (Reuters) - Depois de ouvir gritos de "quero meu dinheiro de volta" e vaias, Charlie Sheen teve que reconhecer que a estreia de sua peça "Violent Torpedo of Truth" foi um fracasso em Detroit, na noite de sábado.

Sheen, até recentemente o ator mais bem pago em um seriado humorístico de TV, interpretando um solteirão mulherengo em "Two and a Half Men", estreou no palco com um espetáculo de variedades para provar aos produtores de TV que o demitiram que estava se recuperando de mais de um ano de problemas legais e do abuso de drogas e álcool.

Sheen, de 45 anos, transformou-se em um espetáculo de mídia nas últimas semanas, ao dar uma série de entrevistas incoerentes em que se gabou de seu estilo de vida, conseguir mais de 3 milhões de seguidores no Twitter, usar o verbo "vencer" como seu mantra e se gabar de ter "sangue de tigre", o que lhe daria a constituição de um super-herói.

A peça de Sheen, "My Violent Torpedo of Truth: Defeat is Not an Option" ("Meu Violento Torpedo da Verdade: A Derrota não é uma Opção") serviria para provar que ele ainda teria talento para agradar o público. A crítica, porém, detestou o espetáculo e o público, na melhor das hipóteses, acha que ele tem muito a melhorar.

O número de humor com o rapper Dirt Nasty e comediante Kirk Fox, entre outros, geraram vaias do público e nem as namoradas "deusas" de Sheen conquistaram fãs.

Vinte minutos após o fim do show, cerca de 750 fãs permaneciam no teatro e Sheen voltou ao palco cercado por suas garotas.

"É um experimento. Estamos resolvendo as coisas aos poucos", disse ele.

Sheen e sua trupe se mostraram pouco à vontade. Os fãs acharam que iriam ouvir histórias de festas e noites de bebedeiras que o levaram a internações em hospitais e reabilitação, mas esse tipo de história ficou de fora e todos os monólogos de Sheen e números de humor foram abortados devido à incapacidade do ator de lidar com o público barulhento e insatisfeito.   Continuação...