Kate Middleton não é nova princesa Diana, dizem especialistas

quinta-feira, 7 de abril de 2011 15:20 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - Poucos homens se sentiriam à vontade ouvindo sua futura esposa ser comparada a sua mãe. Mas é isso o que o príncipe William enfrentaria constantemente se tivesse tempo ou vontade de analisar os relatos da mídia sobre a realeza.

Comentaristas vêm se apressando em comparar e contrastar a noiva de William, Kate Middleton, com a mãe do príncipe, a falecida princesa Diana, cujo estilo, obras de caridade e divórcio escandaloso do príncipe Charles fizeram dela possivelmente a mulher mais famosa do mundo.

Mas, segundo especialistas em relações públicas e na realeza britânica, as diferenças entre Middleton e Diana superam de longe as semelhanças, fato que pode representar um bom indício para a felicidade do casal no longo prazo. O relacionamento de Middleton com a rainha Elizabeth e seus descendentes também difere por completo do que foi vivido por Diana.

"Diana se tornou a maior estrela do mundo", disse o publicitário britânico Max Clifford. "Ela se tornou mais popular em todo o mundo do que a família real. Acho que Kate será muito mais controlada, será muito mais parte de William."

Diana tinha apenas 19 anos quando ficou noiva do pai de William, o príncipe Charles, em 1981. Ele era veterano de 32 anos e ela era uma tímida recém-chegada à vida "dentro de uma bolha" vivida por uma integrante da família real.

Mas, ao mesmo tempo em que seu relacionamento com Charles e a família real azedava, sua autoconfiança, senso de estilo e estatura como patronesse de obras beneficentes cresceu, fazendo dela uma figura favorita do público.

Clifford disse que a família real aprendeu com os erros cometidos com Diana e que William se esforçará para evitar expor sua mulher ao tipo de circo de mídia com que sua mãe tinha que lidar na época de sua morte.

Diana morreu em um acidente de carro em Paris em 1997, depois de ser caçada por paparazzi. Ela tinha 36 anos.   Continuação...