Funeral de Diana superou casamento real em audiência nos EUA

segunda-feira, 2 de maio de 2011 12:56 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Quase 23 milhões de telespectadores norte-americanos acompanharam a cobertura ao vivo do casamento do príncipe William com Kate Middleton na sexta-feira, apesar de o casamento ter acontecido antes do amanhecer em boa parte dos Estados Unidos.

Mas, de acordo com dados divulgados pela Nielsen no fim de semana, o interesse dos espectadores dos EUA pelo casamento real britânico foi muito inferior ao interesse manifestado pelo funeral da princesa Diana, em 1997.

De acordo com a Nielsen, 22,7 milhões de norte-americanos assistiram ao casamento real ao vivo, em 11 emissoras diferentes. A população dos EUA é de cerca de 310 milhões de pessoas.

Em setembro de 1997, 33,2 milhões de norte-americanos assistiram pela TV ao funeral da princesa Diana em Londres. Mãe do príncipe William, Diana morreu em um acidente de carro em Paris, aos 36 anos.

As cifras da Nielsen não cobrem os muitos milhões de norte-americanos que assistiram ao casamento em redes de TV menores ou pela Internet, onde o interesse pelo casal real rivalizou com a cobertura dada a atrizes de cinema e cantores pop nos últimos meses.

Apenas o site E! Online informou ter recebido o recorde de 23,6 milhões de visitas a sua página na sexta-feira, graças principalmente à cobertura do casamento em Londres, com imagens ao vivo.

Em todo o mundo, outras estimativas indicam que o público televisivo e online global que acompanhou o casamento real chegou a 2,4 bilhões de pessoas. Se o número for exato, representa mais de uma em cada três pessoas no mundo.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>Pr&iacute;ncipe William e Catherine, duquesa de Cambridge, v&atilde;o ao pal&aacute;cio de Buckingham ap&oacute;s seu acamento na Abadia de Westminster, em Londres. O interesse dos espectadores dos EUA pelo casamento real brit&acirc;nico foi muito inferior ao interesse manifestado pelo funeral da princesa Diana, em 1997. 29/04/2011 REUTERS/Phil Noble</p>