Casamento britânico renova apoio da Nova Zelândia à família real

quarta-feira, 4 de maio de 2011 09:57 BRT
 

WELLINGTON (Reuters Life!) - O casamento do príncipe William com Kate Middleton aumentou a lealdade real da Nova Zelândia, o território mais distante do provável futuro rei.

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira mostrou que a aprovação da família real britânica aumentou para 74 por cento depois do casamento, comparada aos 60 por cento quando a pergunta foi feita em julho de 2002.

A Nova Zelândia é uma monarquia constitucional, e a rainha Elizabeth é a chefe de Estado titular do país, representada por um governador-geral.

Cerca de 1 milhão de pessoas compareceram às ruas do centro de Londres para acompanhar a pompa e ostentação real na cerimônia da semana passada, e segundo estimativas da mídia, até 2,4 milhões de pessoas pelo mundo acompanharam o evento pela televisão.

As ambições republicanas da Nova Zelândia país sofreram um duro golpe, e apenas 33 por cento disseram esperar que o país se torne uma república nos próximo 20 anos, comparados aos 58 por cento na pesquisa de 2005.

O índice de apoio para que a Nova Zelândia se torne uma república ficou em apenas 24 por cento. Outras pesquisas revelaram que o apoio é de cerca de 33 por cento.

O príncipe William visitou a Nova Zelândia duas vezes nos últimos 12 meses, sendo que a última viagem foi em março para representar a rainha em uma missa em memória às vítimas do terremoto devastador de Christchurch.

(Reportagem de Gyles Beckford)